• ,

    Pensar nas dívidas eleva chance de ataque cardíaco em mais de 10 vezes

    As contas que chegam todo mês, além de doer no nosso bolso, agora fazem mal para o coração! É o que afirmam cientistas da África do Sul ao terminarem uma pesquisa sobre a relação entre elementos psicossociais e a probabilidade de um infarto. É aí que entra a ansiedade por causa do dinheiro, ou a falta dele. Essa preocupação deixa o risco de um infarto 13 vezes maior.

    Como assim?

    Ao todo 212 pessoas foram estudadas. Dessas, só metade já tinham sofrido um ataque cardíaco. Além disso, responderam a um questionário sobre o mês que antecedeu a pesquisa. Eram questões sobre estresse ou depressão e a relação que esse sentimento tinha com o dinheiro ou trabalho.

    O estresse apareceu na resposta de 40% dos entrevistados. Quando essa sensação estava ligada ao trabalho o aumento do risco de problemas cardíacos foi de 5,6%. Mas o campeão foi a preocupação com o dinheiro.

    Ficar deprimido é também uma das causas que triplica a possibilidade de doenças cardíacas. O professor da Universidade de Witwatersrand e um dos autores dessa descoberta, Denishan Govender, acha que deveria ser rotina, em um check-up, falar sobre a saúde mental do paciente, assim como é feito com o tabagismo.

    A confirmação dessa ligação entre crise nas finanças e doenças cardíacas nos mostra como é importante redobrar a atenção com a organização financeira nossa saúde. Por mais que seja difícil, tente procurar atividades que te façam relaxar do estresse diário. Concorda? Dê sua opinião!

  • ,

    Australiana ensina a viver sem celular e sem ter que ir ao mercado

    Já pensou em não precisar mais enfrentar o supermercado e produzir basicamente tudo que você precisa para viver? Foi o que a ativista ambiental e escritora, Jill Redwood, fez. Ela vive há 30 anos na Austrália, mais precisamente em East Gippsland, em uma casa construída por ela com materiais reciclados, madeira reutilizada e excremento de vaca.

    Ela cria 60 animais e tem sua horta onde produz verduras, legumes e frutas. Como mora a 1 hora e meia da cidade mais próxima, achou melhor ter tudo em sua própria fazenda para não precisar fazer a viagem com tanta frequência.

    Como ela consegue?

    Jill não depende de eletricidade externa, tem painéis solares que suprem sua necessidade e um fogão a lenha, que além de esquentar a água, serve de aquecedor no inverno. Para puxar água do rio, fez um mecanismo e assim consegue utilizar para cozinhar, beber, regar o jardim, a horta e para abastecer os animais. No banheiro ela usa um balde para recolher dejetos e joga cinza em cima das fezes para neutralizar o cheiro. Logo depois enterra o excremento.

    A ativista, que gasta em média 320 dólares por mês, não tem celular, computador e televisão. Já pensou em viver assim? Você conseguiria? Conte para gente.

  • ,

    Pesquisa mostra que chocolate dá mais prazer do que beijar na boca

    Responda rápido: você prefere um beijo na boca ou comer um chocolate? Uma nova pesquisa resolveu fazer essa comparação inusitada e descobriu que nossos batimentos cardíacos aceleram mais enquanto comemos chocolate. O resultado de alguns voluntários mostrou que a frequência cardíaca aumentou de 60 para 140 batimentos.

    Eles mediram também a atividade do cérebro de namorados que tinham na faixa dos 20 anos de idade. Primeiro enquanto saboreavam um chocolate e depois enquanto davam um beijo. O resultado foi que o prazer de comer o doce era mais forte e durava até 4 vezes mais que o beijo.

    Adeus namorado, olá brigadeiro?

    Segundo o responsável pela pesquisa, David Lewis, do instituto Mindlab Internacional, eles já esperavam que o chocolate ampliasse a frequência do coração, por conter cafeína e feniletilamina em sua fórmula, mas nem tanto. O aumento foi impressionante e o efeito foi igual para homens e mulheres.

    Tá vendo? Comer aquele chocolate tem o seu valor comprovado pela ciência. Agarre sua barra e seja feliz!  No Brasil a média de consumo de chocolate, por pessoa, é 2,5 quilos por ano. Pouco se compararmos com a Suiça que devorar 9 quilos no mesmo período. Gostou dessa descoberta? Compartilhe com seus amigos.

  • ,

    Evite problemas cardíacos e o sobrepeso comendo mais devagar

    Hora do almoço, você tem 1 hora para comer, mas em apenas 15 minutos já está de volta para sua mesa. Se identificou? Então se prepare para mudar seus hábitos porque comer rápido é péssimo para saúde e as consequências são: problemas cardíacos e aumento de peso. Isso é o que diz uma pesquisa apresentada em uma reunião da Associação Americana do Coração.

    Para comprovar a teoria, 642 homens e 441 mulheres, em torno dos 51 anos, participaram da pesquisa feita no Japão pela Universidade Hiroshima. Eles foram separados em três grupos e o critério para tal era a velocidade que cada um comia: devagar, normal ou rápido.

    No começo dos testes, ninguém tinha síndrome metabólica, ou seja, pressão alta, diabetes e acúmulo de gordura no abdômen. Mas cinco anos depois, quem comia no menor tempo, tinha maior probabilidade de ter a síndrome do que os que comiam dentro do tempo certo. Uma diferença de 5% a mais. Outros malefícios também foram associados a prática: aumento do peso, da taxa da glicose e da cintura.

    Segundo Takayuki Yamaji, um dos responsáveis por esse estudo, comendo rápido a pessoa não se sente saciado e acaba extrapolando na quantidade. A taxa da glicose fica oscilando e isso pode acarretar uma resistência insulínica, sobrando açúcar no sangue e servindo de porta de entrada para a diabetes.

    Respira e desacelera!Veja algumas dicas para diminuir o ritmo ao sentar para fazer uma refeição:

    • Mesmo que seja só para você, arrume a mesa, criando um local convidativo e que você
      se sinta confortável em passar mais tempo se alimentando. Atenção: sem televisão e celular.
    • Reúna a família para fazer as refeições. Junto com mais gente o papo costuma render e o tempo reservado para se alimentar se alonga.
    • Começar sua refeição pela salada e com alimentos mais consistentes, como a cenoura, é uma dica especial. Já começar exigindo uma mastigação mais intensa estica o tempo até a chegada do prato principal e ajuda o cérebro a reconhecer quando você está satisfeito.
    • Entre uma garfada e outra, apoie os talheres no prato. Com o garfo sempre em punho, a tendência é ir direto até a comida acabar.

    Reserve um tempo para sua alimentação e para você. Não precisa ter uma hora certa, pontualmente, todo dia, mas é importante que esse momento exista. Preste atenção na sua saúde e viva melhor. Você tem esse tempo ou também come correndo? Conte para gente!

  • ,

    Decore sua casa com plantas artificiais que parecem reais

    Quem disse que plantas artificiais tem sempre o aspecto falso? Além de não precisar regar e colocar adubo, elas estão cada vez mais realistas. O diferencial é que hoje em dia eles se preocupam em reproduzir fielmente flores e plantas, fora que é muito prático para as pessoas que têm um cotidiano corrido e ficam sem tempo para dar a atenção merecida que as flores naturais precisam.

    Muita gente ainda acha cafona ter esse tipo de decoração em casa, mas é porque ainda estão presas a ideia dos antigos modelos e ainda não viram como a técnica evoluiu. Além disso, não basta comprar e deixar lá. É preciso ter alguns pequenos cuidados. Se bem cuidadas podem durar mais de 2 anos com o aspecto de novas.

    • Limpe uma vez por semana retirando a poeira que se acumula
    • Quando comprar leia as recomendações, pois algumas podem ser até lavadas
    • Evite a exposição solar para não desbotar

    Confira 5 sugestões para enfeitar sua casa

    Decidiu investir nesse item para decorar sua casa? Veja algumas dicas de modelos e como incluir na sua casa:

    1. Cactos

    Os naturais caíram no gosto popular porque dão pouco trabalho para cuidar. Os artificias então, melhor ainda. Dão um ar de modernidade para sua casa.

    2. Troncos e galhos

    Eles possuem funções distintas na decoração. Neste exemplo podemos ver funcionando como vaso. Os galhos também são utilizados como araras.

    3. Espelhado

    Aposte no efeito dos vasos espelhados para dar uma cara moderna para sua decoração.

    4. Costela de Adão

    Está em alta! Principalmente se for apenas uma folha ou no máximo duas no vaso. Minimalismo está na moda.

    5. Bandejas

    Existem vários tipos: com moldura decorada com um estilo mais romântico, sem borda e moderna com o contorno em metal.

    Viu como podemos dar um toque especial a nossa casa sem ter um trabalhão? Compartilhe essa ideia de decoração e conte para gente o que achou da sugestão.

  • ,

    Cientistas revelam máquina que eliminaria câncer em 1 minuto

    Você já ouviu falar em uma nanomáquina? É um equipamento molecular com o tamanho tão pequeno que caberiam 50 mil nanomáquinas em apenas um fio de cabelo. A ideia do químico James Tour, um dos maiores especialistas mundiais em nanotecnologia, é que esse equipamento poderia ser usado no tratamento do câncer, como no de pele, e funcionaria assim: ao ser ativado por ondas eletromagnéticas, com o uso de uma luz invisível aos olhos humanos, ela destruiria o melanoma.

    Para os tumores em órgãos os internos, poderia se utilizar o raio x para ativar a máquina e perfurar a célula modificada. Para identificar o ponto que deve atingir, são usadas proteínas que identificam e guiam para o caminho certo. Segundo James, o processo é da seguinte maneira: assim que a luz é ligada, a máquina começa a girar na velocidade de 3 milhões de giros por segundo e destrói o alvo.

    Para dar tudo certo, primeiro se faria uma biópsia para determinar o tumor e assim saber que proteína usar para ativar a nanomáquina. Seriam inseridos diversos equipamentos na corrente sanguínea, depois de 30 minutos o raio x é ativado fazendo todas funcionarem ao mesmo tempo. Em apenas 1 minuto as células cancerígenas estariam eliminadas.

    E o preço é alto?

    Para o pesquisador esses mecanismos são mais simples que os remédios utilizados no tratamento de tumores malignos. Ele aposta que o preço será menor do que os medicamentos usados hoje.

    A ciência não para de pesquisar e agora descobriu mais esse aliado para auxiliar na batalha contra o câncer. Compartilhe essa novidade!

    As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Caso esteja percebendo sintomas e comportamentos diferentes do seu corpo, marque uma consulta.

    Fonte: Exame

  • , ,

    Veja incríveis resultados de uma dieta com pouco carboidrato

    Na busca pelo corpo perfeito encontramos as mais variadas dietas. Algumas nos fazem sentir que depois de 1 mês seguindo tudo, o que perdemos, na verdade, foram só os 30 dias, já que não percebemos resultado nenhum. Mas existem outras que dão resultado. E rápido! Uma das queridinhas é a low carb, regime baseado na restrição do consumo de alimentos que tem muito carboidrato como pães, massas e doces.

    O grande barato desse método é que o organismo acumula mais tecido adiposo quando o alimento com gordura é consumido juntamente com um carboidrato. Quem segue a dieta garante que faz efeito e ainda melhora o ânimo e o humor. Algumas adeptas fizeram questão de mostrar o antes e depois. Confira e se surpreenda.

    Lhys Moreira (@ruiva.fitness) – enxugou 12 quilos

    Orleanes Monteiro (orleanes_monteiro_low_carb) –  tem alergia a leite e derivados e isso não a impediu de entrar na dieta

    Ana Zélia (ana_zeliasiq) – mudou sua vida e seu corpo depois do regime

    Lara Rosa (@corpinhomagroemconstrucao) – mostrou que não importa de onde você começa e sim onde você que chegar. Ela tinha obesidade mórbida de terceiro grau e hoje veste 38. Esse resultado foi obtido com dieta e exercícios.

    Mariana Brandão (mari_sendo_fit) – já perdeu 15 quilos, mas quer diminuir ainda mais o número da balança

    Di Bella (dibella_lowcarb) –  mostra que o que consumimos influencia diretamente no resultado. Ela continuou praticando os mesmos exercícios de antes enquanto fazia o regime. Olha o resultado:

    Ro Low Carb (@ro_low_carb) – em apenas dois meses perdeu 10 centímetros de barriga.

    Queimando as banhas (@queimandoasbanhas) – viu o ponteiro da balança baixar 10 quilos

    Bruna Araujo (@brunarauju) – perdeu 4,5 kg em 1 mês e 1 semana

    Fabiola Carneiro (@fabysaudavel) – já eliminou 12 quilos

    Inspiradoras as fotos! Você já fez essa dieta e tem um antes e depois para mandar para gente? Envie nos comentários e conta sua história.

    Para obter os resultados desejados é muito importante aliar a uma alimentação saudável, equilibrada, com acompanhamento médico e profissional, além da realização de atividades físicas.

  • , ,

    Mulher relata drama de seu marido que perdeu pedaço do crânio após consumir energético

    Extrapolar os limites e forçar o seu corpo ao extremo não fazem bem e isso se aplica em todos as frentes, até na alimentar. As substâncias que ingerimos refletem diretamente no nosso organismo e foi isso que aconteceu com um rapaz americano que viu a morte passar diante de seus olhos após consumir energéticos excessivamente.

    O caso se tornou público depois que sua mulher Brianna fez uma publicação em sua rede social relatando a tragédia familiar. Tudo teve início quando Austin descobriu a gravidez da mulher e começou a trabalhar cada vez mais para conseguir juntar dinheiro. Para ficar acordado tanto tempo, começou a consumir doses cada vez maiores de energético e com o excesso da cafeína contida no produto, teve uma hemorragia cerebral.

    Ele passou por inúmeras cirurgias, mas acabou ficando sem a parte frontal do crânio. No período que ficou em coma, perdeu o nascimento do primeiro filho. Mas, dois meses depois, tudo mudou. Ele se recuperou, foi para casa e finalmente conheceu o bebê.

    Leia o emocionante relato:

    Olá, meu nome é Brianna, e essa é minha história …

    O amor não são as pequenas coisas. Não são os telefonemas, as datas ou até as memórias. O amor é saber que você sacrificaria coisas que nem sabia que você poderia sacrificar. O amor é altruísta.

    Você já sentiu sua vida tremer? Você já foi atingido com tanta turbulência emocional até o ponto em que tudo ao seu redor se torna confuso e abalado? Seus pulmões se sentem apertados e por um breve momento você não pode fazer nada. Você não consegue se mover, fica incapaz de pensar, incapaz de reagir. Eu sim. Experimentei algo que nunca pensei experimentar … durante o período de nove meses de gravidez com meu primeiro filho.

    Estar grávida deveria ser uma das jornadas mais incríveis que você embarca. Você está criando uma nova vida. Você está experimentando um amor incondicional por alguém que você nem conheceu.

    Austin e eu ficamos tão ansiosos para conhecer o nosso menino. Para trazê-lo para casa. Para ser uma família.

    Eu nunca imaginei enquanto eu dormia naquela noite, que todo meu mundo seria quebrado em poucas horas.

    Ainda me lembro de minha sogra, acordando-me naquela manhã. “Austin sofreu um acidente”, disse ela.

    Tudo o que sabia era que meu marido estava no hospital. A pior parte? Eu não sabia por quê.

    Depois de uma viagem de duas horas para o hospital, eu soube que meu marido, o pai do meu filho, a pessoa que eu amo muito, teve uma hemorragia cerebral. Por quê? Os médicos concluíram (depois de realizar testes e descartar drogas) que este evento horrível foi devido ao seu consumo recente de bebidas energéticas em excesso (um hábito que ele havia construído quando começou a trabalhar mais horas).

    A cirurgia já estava em andamento … e, depois de uma agonizante espera de 5 horas, nós conseguimos vê-lo. Mas enquanto todos estavam focados no rosto quase irreconhecível ligado a todo tipo de máquinas e tubos, tudo o que eu podia ver eram seus pais. Eu vi a luz deixar os olhos de sua mãe quando viu seu filho imóvel deitado na cama do hospital. Eu vi seu pai se acabar de chorar enquanto segurava sua esposa.

    Assistindo a esta família – minha nova família, a quem amo e fazia parte, ficar tão quebrada … esse é o pior sentimento que já senti “.

    No dia seguinte foram duas rodadas de cirurgia no cérebro. Depois disso, foram convulsões, inchaço e mais coisas para as quais não estávamos preparados.

    Houve um momento, sentado ao lado de sua cama de hospital, apenas rezando, em que senti que ele estaria bem, que eu sabia que nunca iria desistir dele. Por mais confusa que se tornasse nossa vida, eu estaria ao seu lado, apesar de tudo isso.

    Depois de duas semanas de vida em um hospital, perguntando se ele sobreviveria ou seria tirado de nós, seguimos para casa.

    Chegou a hora de nascer o bebê.

    Eu não vou mentir para ninguém, foi tão difícil. Eu planejei que Austin fosse parte desse momento. Estaria ao meu lado, segurando minha mão. Estaria lá para cortar o cordão umbilical. Estaria lá para receber nosso filho no mundo.

    Mas um milagre maravilhoso aconteceu quando dei à luz nosso filho. Austin acordou. Fiquei cerca de uma semana sem vê-lo. Pensei nele todos os dias. Eu chorei quando olhei para o meu filho, que parecia exatamente com seu pai.

    Quando o bebê tinha apenas uma semana de idade, o deixei com meus sogros.

    Eu sabia que precisava ver Austin. Eu precisava dizer-lhe que nosso bebê estava aqui. Para dizer-lhe o quanto precisávamos dele.

    As semanas passaram. Nós o levamos a todo o estado, à medida que mais operações e procedimentos foram pedidos.
    Com pouco mais de 2 meses de idade, nosso filho finalmente conheceu seu pai. Cheguei a não ter certeza de que se conheceriam. Esse foi o dia, então, em que meu coração recuperou a felicidade.

    Algum tempo depois, ele pôde finalmente voltar para casa e para mim. Nossa vida não é normal. Há visitas médicas e visitas hospitalares – tantas, que eu perdi a conta.

    Mas estamos aqui. Lutando.”

    A fotógrafa Sara Endres fez um ensaio da família:

    Austin  junto com o filho do casal

    A rotina é bem complicada, mas eles enfrentam tudo com muito amor

    Compartilhe essa história de superação para alertar outras pessoas sobre os perigos do energético.

  • , ,

    Conheça o jeito mais eficaz de fazer dieta e ver resultados

    Uma das maiores batalhas que milhares de pessoas vivem atualmente é contra a balança. Alguns por estética, outros por saúde. Quem deseja ou precisa perder peso encontra muitas dificuldades em transformar a rotina alimentar que o acompanhou a vida inteira. Isso provoca um estresse ainda maior do que já vivem por sofrerem com o excesso de peso.

    Mas por que será que é tão difícil mudar os hábitos alimentares e manter uma rotina de atividades físicas para emagrecer?

    Os hábitos que adquirimos ao longo da vida acabam ajudando a construir quem somos. Nossos gostos, desejos, o que nos conforta ou nos irrita. Através dos hábitos definimos nossa zona de conforto e uma rotina para organizar e executar nosso estilo de vida.

    O que acontece é que estes hábitos ficam gravados em nosso cérebro, de forma física. Realmente fazem parte da nossa estrutura, assim como nossos órgãos e membros. Por isso é tão difícil mudá-los, exceto sob uma única e poderosa condição: a motivação!

    Uma pessoa realmente motivada é capaz de transformações assombrosas, não importa qual tarefa esteja disposta a cumprir. A motivação é responsável por estimular o foco e a determinação: fatores essenciais para que a pessoa consiga repetir sua tarefa dia após dia até alcançar seu objetivo.

    E ao repetir a tarefa diariamente, substituindo atividades antigas por novas, o cérebro vai se reformando para comportar os novos hábitos, fazendo com que eles sejam duradouros, e não apenas passageiros.

    Este é o objetivo da reeducação alimentar: ser para sempre, e não uma dieta de alguns dias para que os velhos costumes voltem e a pessoa ganhe todo o peso que havia perdido com sacrifício. Sofrer não é a intenção, mas sim, transformar sua visão sobre saúde e qualidade de vida, aguçando o prazer por novos sabores e atividades.

    Como despertar a motivação?

    Depois de compreender como os hábitos se criam no nosso cérebro e qual é o fator capaz de gerar uma mudança efetiva, a pergunta é: como despertar a motivação?

    Restrições bloqueiam o cérebro. A começar pelas dietas restritivas, elas não funcionam. Uma verdadeira reeducação alimentar organiza as quantidades, a variedade e os períodos em que a pessoa deve comer, conforme as necessidades do seu organismo, em particular.

    Não é preciso eliminar todos os alimentos que mais gosta e que lhe trazem prazer. Afinal, o ato de comer, para todos os humanos, é muito mais do que uma necessidade biológica para nos manter vivos. Ele envolve nossas emoções, aguça nossos sentidos e reflete nas nossas decisões e comportamentos.

    Outro fator crucial para uma verdadeira mudança de hábitos e a conquista do grande objetivo de perder peso e levar uma vida mais saudável é o apoio e a parceria de outras pessoas. Vivemos em sociedade, somos influenciados por outros humanos, impactados por exemplos, sejam eles bons ou ruins.

    Quando uma pessoa ouve palavras positivas e de incentivo, vê casos de sucesso e conhece outras pessoas que compartilham do mesmo desejo que o seu, sua motivação desperta e ela passa a ver sentido no seu propósito. É isso que vai fazer com que ela queira manter o foco e a determinação para o sucesso.

    Por isso, pessoas que anseiam ou necessitam mudar seus hábitos de vida, precisam de apoio constante de outras pessoas. Seja do companheiro, de um grupo de apoio, de amigos ou do nutricionista e do treinador.

    O ambiente em que a pessoa vive, muitas vezes também precisa de mudanças para que ela mantenha-se motivada e longe das recaídas, principalmente na fase inicial da mudança, quando seu cérebro ainda está adotando os novos hábitos.

    Poder contar com toda a família para não ter que abrir a geladeira e ver guloseimas quase irresistíveis, ajuda muito. Assim como morar em uma cidade que estimula a população a ter hábitos saudáveis, oferecendo ambientes públicos apropriados para a prática de exercícios e desenvolvendo ações de cunho educativo. Quanto maior for o grupo de apoio, maior será o engajamento e a facilidade para alcançar os resultados.

    Todos estes fatores psicológicos e ambientais contribuem para uma mudança de comportamento natural, progressiva e saudável. Um estudo realizado pelas universidades de Princeton, da Califórnia e Rockfeller, publicado em 2001, apontou que em ratos que tiveram seu cérebro monitorado para o controle da ingestão de comida, a regulação do apetite foi afetada em diferentes campos do cérebro, atingindo fatores emocionais, e não somente influenciados pelo que comiam. Ou seja, o ambiente em que vivemos e as emoções que sentimos são altamente influenciáveis para os nossos hábitos de vida e a conquista efetiva de mudanças.

    Compartilhe essa dica com aquela pessoa que pode entrar nesse processo de mudanças com você.

  • ,

    São Paulo terá 15 feriados em 2018. Você ganha ou perde com isso?

    Todo fim de ano damos uma espiadinha no calendário do ano seguinte para saber quantos feriados terão. E no Brasil, não são poucos! Em 2018, muitos deles vão cair em dias que pode-se emendar e prolongar as folgas com o final de semana.

    Algumas pessoas querem planejar as folgas para passear, mas outras se preocupam com as perdas na empresa, seja com a comissão que vão deixar de ganhar, com a produção parada ou com custos que não reduzem apesar da falta de funcionários nos dias em que são obrigados a dar as folgas.

    De modo geral, na situação de recuperação de crise em que o país se encontra, ninguém pode deixar de ganhar dinheiro. Por isso, os feriados acabam sendo ruins para muitos trabalhadores em São Paulo, principalmente os feriadões.

    Entretanto, as cidades turísticas, que vão receber visitantes nos seus dias de folga, acabam aproveitando a oportunidade para faturar mais. Ao menos uma parcela dos brasileiros é beneficiada!

    Veja quais são os feriados de 2018, incluindo os que acontecem só em São Paulo.

    • 01/01/2018 – 2ª feira: Confraternização Universal
    • 25/01/2018 – 5ª feira: Aniversário de São Paulo
    • 12 e 13/02/2018 – 2ª e 3ª feira: Carnaval
    • 14/02/2018 – 4ª feira: Quarta-feira de Cinzas
    • 30/03/2018 – 6ª feira: Paixão de Cristo
    • 21/04/2018 – Sábado: Tiradentes
    • 01/05/2018 – 3ª feira: Dia do Trabalho
    • 31/05/2018 – 5ª feira: Corpus Christi
    • 09/07/2018 – 2ª feira: Data Magna do Estado
    • 07/09/2018 – 6ª feira: Independência do Brasil
    • 12/10/2018 – 6ª feira: Nossa Senhora de Aparecida
    • 02/11/2018 – 6ª feira: Finados
    • 15/11/2018 – 5ª feira: Proclamação da República
    • 20/11/2018 – 3ª feira: Dia da Consciência Negra
    • 25/12/2018 – 3ª feira: Natal

    E você, será afetado de forma positiva ou negativa por tantos feriados? Comece a se programar desde já!

  • , ,

    Afaste as energias negativas com estas dicas

    A energia está por todo lugar. Boa, ruim ou neutra, ela é sentida por todos nós. Mas, muitas vezes, não ligamos para os seus sinais. Ela é mais facilmente reconhecida por pessoas mais sensíveis e com o sexto sentido mais aguçado e pode até afetar física e psicologicamente.

    Se você já esteve em um ambiente ou na companhia de pessoas que o fizeram sentir um estranho mal estar, mesmo parecendo que tudo estava normal, pode ter sido o efeito de energias negativas. No caso de pessoas, nem sempre elas sabem que carregam essa energia, então, não significa que sejam mal intencionadas.

    A boa notícia é que, como tudo à nossa volta é feito de energia materializada em moléculas, células e tecidos, inclusive o nosso corpo. Temos a capacidade de bloquear ou atrair as energias que nos cercam.

    Veja estas dicas para bloquear energias negativas, especialmente vinda das pessoas, e comece a praticar para impedir que afetem seu estado físico e mental.

    Ignore comentários negativos

    Você não pode impedir que pessoas falem coisas desagradáveis sobre você ou falem de assuntos que te afetem negativamente. Mas você pode bloquear o efeito que estas palavras têm em seu cérebro, ignorando o que ouviu e redirecionando seu pensamento a coisas agradáveis.

    Saiba dizer não

    Há uma grande carga negativa que se aproxima quando uma pessoa tem a pretensão de abusar da sua boa vontade. Quando você permite que isso aconteça, aceitando a situação mesmo sabendo que é mal intencionada, acaba abraçando a energia negativa. Não tenha medo de dizer não em uma situação dessas.

    Preserve sua energia positiva

    Já que você não pode mudar tudo à sua volta, nem deixar de estar em determinados ambientes ou na companhia de determinadas pessoas, aproveite todos os momentos que puder para recarregar suas energias. Faça atividades relaxantes e agradáveis para você e descanse.

    Valorize-se para ser mais forte

    Para desenvolver cada vez mais o poder de bloquear energias negativas, você precisa se autoconhecer. Sempre que puder, converse consigo mesmo, reconheça suas fraquezas para evitar ser surpreendido negativamente quando outras pessoas apontarem seus erros. Da mesma forma, saiba reconhecer seus pontos fortes e tenha amor próprio. Assim, você desenvolverá naturalmente uma proteção de energia positiva ao seu redor, que irá acompanhá-lo e protegê-lo em qualquer lugar.

    Com estas dicas, você perceberá uma grande mudança em vários aspectos da sua vida. Na sua relação consigo mesmo e com os outros. Na sua saúde física e mental, para poder seguir em frente e evoluir como ser humano.

  • ,

    Cuidado com a cereja em calda. Você pode estar sendo enganado

    A cereja, no Brasil, é mais comum na versão em calda. É raro encontrá-la no seu estado natural porque as cerejeiras precisam de clima bem frio na maior parte do ano para serem cultivadas, o que não é o caso das terras brasileiras. Como a cereja em calda é importada, pode ser encontrada com facilidade no supermercado.

    Mesmo assim, há quem queira economizar e substituir a cereja sabe pelo quê? Chuchu! Isso mesmo, o alimento que, para muitos, não tem gosto de nada, é o escolhido para se transformar em cerejas em calda.

    Dificilmente você vai encontrar embalagens fechadas de cereja em calda que sejam, na verdade, chuchu. Mas por via das dúvidas, sempre confira os ingredientes no rótulo.

    Esse processo de substituição é mais comum em algumas confeitarias que utilizam o ingrediente em grande quantidade.

    Saiba identificar uma cereja de chuchu

    Em primeiro lugar, uma cereja feita de chuchu não vai ter caroço. Observe se no meio da cereja existe o espaço vazio de onde foi removido o caroço. Se ela não tiver a concavidade vazia, existe uma grande chance de ser um chuchu disfarçado.

    Como fazer cerejas de chuchu

    Se você viu nessa polêmica uma oportunidade de receita para produzir suas próprias “cerejas”, veja como fazê-la em casa.

    Ingredientes:

    • Chuchus: quantos desejar;
    • Cal virgem culinário: veja proporção de mistura na embalagem;
    • Calda de groselha: proporcional à quantidade de bolinhas;
    • Açúcar: 1 copo;
    • Licor de cereja: proporcional à quantidade de bolinhas.

    Modo de preparo:

    1. Escolha alguns chuchus e coloque para cozinhar até ficarem no ponto al-dente.

    2. Retire a casca e, com auxílio de um boleador, cave as bolinhas no tamanho de cerejas.

    3. Em uma panela, misture o cal virgem com água, na quantidade indicada na embalagem, e coloque todas as bolinhas. Deixe ferver. O cal é usado para deixar os alimentos firmes, porém macios.

    4. Depois, coloque as bolinhas em outra panela com calda de groselha quente. Deixe em fogo baixo até as bolinhas irem para o fundo. Desligue o fogo e retire as bolinhas da calda.

    5. Ainda com a calda na panela, coloque o copo de açúcar e ligue o fogo novamente para deixar ferver. Coloque as bolinhas de volta e desligue o fogo. Quando estiver frio, acrescente um pouco de licor e está pronto.

    Que tal a dica? É claro que você não quer ser enganado, mas se as “chuchurejas” são gostosas, não há porque desperdiçar a sugestão, concorda?! Compartilhe se gostou.

  • ,

    Queda de cabelo? Este alimento vai ajudar a acabar com o problema!

    A queda de cabelo excessiva não tem uma única causa. Mas, certamente é um terror para qualquer pessoa. Mesmo para os homens, em que a calvície é mais comum, não é nada agradável perceber que os cabelos caem e não crescem mais.

    No caso das mulheres jovens e adultas, fatores como excesso de tintura, chapinha, alisamentos e alongamentos podem contribuir para o enfraquecimento dos fios. Mas, principalmente, o estresse e a má alimentação costumam ser as raízes do problema.

    Por isso, antes de aprender as receitas que vão estimular o crescimento dos cabelos e sanar as quedas excessivas, saiba que é preciso incluir alimentos com bastante ferro, vitamina B e proteínas na sua rotina alimentar. Claro, sempre com acompanhamento de um profissional.

     

    3 receitas com cebola para acabar com a queda de cabelo

    Com os devidos cuidados alimentares e uma redução nos tratamentos químicos capilares, poderá também usufruir dos efeitos de um alimento em especial: a cebola!

    Isso mesmo, além de oferecer muitos benefícios para o organismo ao ser ingerida, a cebola pode ser combinada com outros ingredientes naturais para restaurar seus fios de cabelo e fazê-los parar de cair.

    1. Cebola com óleo de orégano

    Ingredientes:

    • Cebola: 1 unidade;
    • Óleo de orégano: 2 colheres de sopa.

    Modo de preparo e aplicação:

    1. Em um recipiente, esprema a cebola para extrair o suco.

    2. Depois, misture o suco da cebola com o óleo de orégano.

    3. Separe o cabelo em mechas e passe a mistura em todo couro cabeludo.

    4. Deixe agir por meia hora e depois lave normalmente com água morna e xampu.

    Pode usar duas vezes por semana até perceber que a queda excessiva parou.

    2. Cebola com mel

    Ingredientes:

    • Cebola: 1 unidade;
    • Mel orgânico: 3 colheres de sopa.

    Modo de preparo e aplicação:

    1. Corte a cebola em pedaços menores e bata no liquidificador junto com o mel.

    2. Aplique a mistura tanto no couro cabeludo quanto nos fios, até as pontas.

    3. Deixe agir por uma hora e depois enxágue com água morna e lave com xampu.

    Pode usar duas ou três vezes por semana até sentir que a queda de cabelo parou.

    3. Cebola com óleo de coco

    Ingredientes:

    • Cebola: 1 unidade;
    • Óleo de coco: 3 colheres de sopa.

    Modo de preparo e aplicação:

    1. Em um recipiente, esprema a cebola para extrair o suco.

    2. Coloque o óleo de coco para aquecer em banho-maria e misture com o suco da cebola.

    3. Passe a mistura ao longo de todo o cabelo e deixe agir por quarenta minutos.

    4. Enxágue bem com água morna.

    Pode repetir o processo duas vezes na semana até sentir o efeito.

    Lembre-se que a queda de cabelo não vai parar completamente, porque é normal que todo mundo perca cerca de 100 a 120 fios de cabelo por dia. Então, esta quantidade provavelmente vai continuar caindo. Antes de aplicar qualquer coisa no seu cabelo, faça o teste em uma pequena região para evitar reações alérgicas.

    Compartilhe as receitas com os amigos que possam estar precisando!

  • ,

    Cobertura durinha perfeita para o seu bolo

    Quando você faz um bolo simples, mas quer colocar uma cobertura para dar um toque especial, provavelmente se lembra da tradicional cobertura de nega maluca. Ela é prática, rápida e uma delícia!

    Mas nem sempre essa cobertura fica com a textura que você quer. As vezes fica mais líquida, mais cremosa, puxa-puxa ou quebradiça. Esta última, a durinha, leva uma quantidade bem específica de ingredientes para dar o ponto. Quer aprender a fazer para sua próxima receita?! Vamos lá:

    Receita de cobertura durinha de nega maluca

    Ingredientes:

    • Manteiga: 2 colheres de sopa;
    • Achocolatado: 8 colheres de sopa;
    • Açúcar: 8 colheres de sopa;
    • Leite: 4 colheres de sopa.

    Modo de preparo:

    1. Em uma panela, coloque todos os ingredientes.

    2. Leve ao fogo e fique mexendo sem parar até ferver. Pode levar cerca de 10 a 12 minutos e vai ficar com uma consistência mais grossa.

    3. Tire do fogo e já coloque por cima do seu bolo antes da cobertura ficar fria.

    Está pronto. Deixe a cobertura esfriar no bolo e veja como terá ficado durinha. Bom apetite e compartilhe a receita!

  • ,

    A felicidade está no equilíbrio entre cuidar de si mesmo e escolher boas companhias.

    Vivemos na busca constante pela plenitude, paz de espírito e felicidade. Para cada um, estes valores possuem significados diferentes, pois se adequam a diferentes realidades e estilos de vida.

    Mas, ainda assim, todos precisamos encontrar o equilíbrio entre nossas escolhas, ou sempre vamos acabar no mesmo beco sem saída: a dúvida sobre por que ainda não encontramos a felicidade verdadeira.

    Este equilíbrio consiste em cuidarmos de nós mesmos, da nossa saúde física e mental, mas sem ficarmos obcecados pelo espelho. É nos preocuparmos com as pessoas que gostamos, mas sem nos deixar levar pelas opiniões alheias a ponto de não sermos mais os protagonistas da nossa história.

    É saber que somos os responsáveis pela nossa felicidade, pois temos o poder de bloquear ou aceitar as energias enviadas pelas pessoas. Mas, também, não devemos carregar toda a culpa por não termos o controle de tudo, afinal, as pessoas que nos cercam influenciam no nosso humor e nas nossas decisões.

    Precisamos aprender a dizer sim e também a dizer não. A oferecer aos outros o que temos de melhor, mas também a afastar quem não está nos fazendo bem e a aproximar quem pode contribuir para a nossa felicidade.

    Acreditar que “não pode” ser sincero com determinada pessoa porque ela é da sua família, por exemplo, é imergir em uma exaustão mental que leva a sentir-se errado e culpado, mesmo sabendo que a culpa não é sua.

    A vida é uma gangorra de escolhas que nos oferece altos e baixos enquanto buscamos ficar equilibrados no meio. Acontece que às vezes o meio é monótono e temos muito o que aprender com os altos e baixos. Então, relaxe. Quando errar, aprenda a lição com bom humor. Quando acertar, comemore. Elogie as pessoas e a si mesmo. Respeite as pessoas e a si mesmo. O resto, o universo vai tratar de fazer chegar até você.

    Compartilhe esse artigo para que mais pessoas possam aprender como buscar a felicidade plena.

  • ,

    Estudo polêmico afirma: pessoas que comem carne são mais saudáveis do que vegetarianos

    Desde quando começamos a sentir o sabor e a textura dos alimentos, mesmo antes de termos dentes, já somos orientados pelo que é certo ou errado comer. O que é tentação e devemos evitar, e o que é saudável e devemos dar preferência, mesmo que não achemos mais gostoso.

    Dentro dos alimentos que devemos evitar estão as carnes gordas pois, de acordo com estudos, a gordura que há na carne aumenta os níveis do colesterol no sangue, levando a problemas cardíacos e de pressão alta.

    Entre tantas pesquisas e descobertas sobre o funcionamento do corpo humano, um estudo recente chegou para polemizar as dietas e a grande discussão sobre as vantagens do vegetarianismo.

    De acordo com os pesquisadores austríacos da Universidade de Graz, consumir uma quantidade de vegetais muito maior do que a quantidade de gorduras saturadas e colesterol aumenta os riscos de desenvolver doenças mentais, câncer e alergias.

    A pesquisa

    Para chegar a esta assustadora conclusão, os cientistas estudaram 1.320 voluntários, dos quais 330 vegetarianos, 330 que comem carne e vegetais em quantidade equilibrada, 330 que comem menos carne do que vegetais e 330 que dão preferência à carne em sua alimentação.

    Conclusões

    Depois de examinar os hábitos alimentares e outros aspectos do estilo de vida de todas estas pessoas, concluiu-se que os vegetarianos apresentaram saúde física e mental mais frágil do que os demais participantes, apesar de fazerem menor uso de bebidas alcoólicas e terem um IMC mais baixo.

    Entretanto, a coordenadora do estudo, Nathalie Burkert, acredita que mesmo concluindo que os austríacos vegetarianos sejam menos saudáveis no que diz respeito à saúde mental, alergias e propensão ao câncer, bem como maior necessidade de tratamentos médicos, ainda é necessário que se façam estudos mais aprofundados sobre o tema. Esta foi apenas uma etapa, que não mostra as exatas causas e efeitos, pois ainda há muitas variáveis a considerar.

    E você, segue alguma dieta específica e acredita que sua saúde é melhor por conta disso? Compartilhe sua experiência.

  • ,

    Faça esta oração diariamente para afastar todo mal da sua vida

    Se você acredita no poder de uma oração sincera para afastar as coisas ruins da sua vida e de sua família, leia com atenção a prece abaixo e compartilhe para que todos possam proteger-se da mentira, da calúnia, da inveja e de todos os males que nos cercam.

    Confie e acredite em Deus todo poderoso

    Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus Nosso Senhor, dos nossos inimigos.

    Senhor Nosso Deus Soberano, Todo-Poderoso, a quem tudo pertence, Vós que tudo fizestes e que tudo podeis transformar segundo a vossa vontade, Senhor Nosso Deus, livrai-nos do mal! Vós que sois o médico e o remédio das nossas almas, livrai-nos do mal! Vós que sois a salvação daqueles que a Vós recorrem, livrai-nos do mal!

    Nós vos pedimos e suplicamos que afasteis toda influência maligna, Senhor, fortalecei-nos e enchei-nos de vosso Santo Espírito, livrando-nos do mal! Afastai as forças do mal para que possamos nos dedicar à prática do bem. Afastai de nossos lares e nossa vida todos os males. Livrai-nos Senhor da bruxaria, magia, superstição, feitiços e maldições. Afastai-nos Senhor de todo mal como a ganância, o egoísmo, e inveja, o ódio, a calúnia, a falência, a mentira e a traição. Afastai a doença física, psíquica, moral e espiritual. Senhor, livrai-nos de todos os males! Deus Todo-Poderoso, como Jesus nos ensinou, nós pedimos…

    (Nos comentários, escreva seus pedidos)

    Pai-nosso, que estais no céu, santificado seja o vosso nome. Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade assim na Terra como no Céu.

    O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

    Arcanjos de Deus, livrai-nos do mal! Arcanjos do Senhor, venham em nosso auxílio! Ó Deus, de modo especial, livrai-nos deste mal que tanto nos aflige. Amém.

    Compartilhe essa oração para que mais pessoas possam ter um momento de fé!

  • ,

    Tire este veneno da sua cozinha!

    Ter açúcar na cozinha é quase tão comum quanto ter água na torneira. Passamos a vida consumindo diversos tipos de alimentos com esta substância, sem ter ideia que ela pudesse ser tão nociva à saúde.

    Para piorar, ingerimos em grandes quantidades, desde o café da manhã até o jantar, pois o açúcar está até nos alimentos salgados.

    O fato é que a ingestão de açúcar em excesso, especialmente logo pela manhã, faz com que os níveis de glicose do sangue disparem, criando resistência à insulina e, como se não bastasse, o organismo acaba transformando a glicose extra em gordura.

    Todo esse processo acontece de forma relativamente rápida, fazendo com que você sinta desejo por comida logo depois. Quase sempre, por mais açúcar. Torna-se um vício que, apesar de ser bem difícil de resistir, precisa ser controlado para evitar efeitos ainda mais devastadores.

    Agora que você percebeu o quanto o açúcar é inimigo da sua saúde, e acha que vale a pena começar a mudar seus hábitos alimentares, pode ter pensado em começar devagar, substituindo-o por adoçante.

    Mas infelizmente temos que dizer outra verdade: o adoçante é tão ruim quanto o açúcar, causando os mesmos malefícios, que além dos já citados, podem acabar evoluindo para doenças mais graves, como câncer, problemas neurológicos, síndromes metabólicas, problemas cardíacos e diabetes.

    Outros problemas causados pelo excesso de açúcares artificiais

    1. Alergias

    Com o excesso de consumo de açúcares artificiais, o organismo pode reagir com alergias, fortes dores de cabeça, erupções na pele, secreções no nariz e dificuldade para respirar, além de outras inflamações.

    2. Problemas de visão e audição

    Há estudos que apontam que os adoçantes chegam a ser duzentas vezes mais doces do que o açúcar tradicional. Assim, o excesso de aspartame pode se transformar em uma neurotoxina e afetar a visão e a audição.

    3. Afeta o cérebro

    O excesso de adoçante no organismo induz o desenvolvimento de problemas neurológicos, desencadeando bipolaridade, alto estresse, pânico e depressão, devido ao tamanho desequilíbrio que provoca.

    4. Aumenta a oxidação das células

    Sem células sadias, os órgãos não se renovam e o corpo inteiro sofre as consequências. Uma das piores é o desenvolvimento de câncer.

    Por quais alimentos substituir açúcares e adoçantes?

    Antes de simplesmente começar a substituir açúcares e adoçantes na sua alimentação, é muito importante que consulte um médico para avaliar seu estado físico e preparar uma dieta de acordo com as necessidades do seu organismo.

    Feito isso, você saberá que muitos alimentos podem ser consumidos sem medo, dentro da quantidade equilibrada indicada pelo profissional, pois têm sabor doce ou adocicado e são naturais. Entre estes alimentos, estão:

    • Mel puro;
    • Chás de ervas adocicadas;
    • Água com limão e pepino;
    • Água de coco;
    • Frutas.

    No começo poderá ser difícil, mas quando você está determinado a fazer o que é melhor para sua saúde, acaba descobrindo muitas outras substituições para os alimentos que gostava tanto, mas que na verdade só lhe faziam mal.

    Quando percebe os benefícios que está fazendo ao seus organismo através de uma reeducação alimentar, acaba tomando gosto e chega a pensar como é que conseguia comer tanto açúcar antes!

    Faça o que é melhor para sua saúde e compartilhe este artigo para incentivar outras pessoas!

  • ,

    Se você gosta de vinho e de chocolate, leia isso!

    Um novo estudo realizado por duas universidades inglesas apontou benefícios no consumo de vinho tinto e chocolate amargo, no que diz respeito a um componente capaz de colaborar com a renovação das células do organismo.

    O polifenol resveratrol é um antioxidante presente tanto na uva do vinho quanto no cacau do chocolate e que atua na reativação de células que já estavam envelhecidas, mas não eram eliminadas.

    Em descobertas anteriores, foi analisada uma classe de genes chamada “fatores de empalme”, responsáveis por manter as células funcionando. Mas com o tempo, eles se desconectam e as células param de trabalhar.

    A importância do resveratrol

    O polifenol existente no vinho e no chocolate, por sua vez, inibe o efeito de “desligamento” dos fatores de empalme, mantendo o funcionamento das células em seu processo de divisão e crescimento, fazendo com que se rejuvenesçam. Não é incrível?!

    A partir deste estudo, espera-se desenvolver outros no mesmo campo do rejuvenescimento celular, especialmente para beneficiar a qualidade de vida das pessoas enquanto envelhecem, evitando problemas degenerativos.

    Antioxidantes contra diabetes

    As propriedades antioxidantes encontradas no vinho tinto, no chocolate amargo e em outros alimentos como oleaginosas, frutos e leguminosas, também atuam no controle da diabetes.

    Especialmente no caso do vinho, um estudo recente feito na França pelo Centro de Pesquisa em Epidemiologia e Saúde da População, mostrou que mulheres que consomem vinho tinto moderadamente têm 27% menos chances de desenvolver diabetes.

    Gostou da notícia? Com moderação e acompanhamento médico, podemos consumir de tudo e manter a saúde sempre bem. Compartilhe!

  • ,

    Quando a solidariedade dos brasileiros nos orgulha!

    Mesmo com tantas notícias desagradáveis que vemos atualmente, sempre há quem alimente a nossa fé por um mundo melhor. Duas dessas pessoas são o Jackson de Moura e a Maíra Mousinho, da cidade de Petrolina/PE.

    Eles são donos de um minimercado, e acompanhando a situação de dificuldade financeira de tantas pessoas da cidade, eles resolveram colocar uma prateleira na frente do estabelecimento, na qual disponibilizam produtos que ainda estão bons para consumo, mas as pessoas já não querem comprar, como pão, feijão, arroz e vegetais.

    Dessa forma, quem estiver precisando e não puder pagar, pode pegar os alimentos necessários para se alimentar.

    A atitude já sensibilizou vários cidadãos, que agora levam os alimentos que têm sobrando em suas casas para oferecerem aos mais necessitados. Além de motivar a ajudar o próximo, a ação também incentiva a redução do desperdício.

    Que linda atitude, você não acha? É uma ideia simples e transformadora, que pode ser disseminada aí no seu bairro também. Vamos compartilhar?!