in

O que é, quais os sintomas e qual o tratamento da caxumba?

Essa doença pode causar surdez e esterilidade. Saiba como se prevenir e combater a caxumba.

o que é como tratar caxumba
Crédito: Freepik

A caxumba é uma doença viral, que provoca uma infecção em uma das glândulas responsáveis por produzir saliva. Ela também é conhecida pelo nome de “papeira”, devido ao aspecto de inchaço na região entre o pescoço e a mandíbula.

Essa doença é mais comum entre crianças, mas também pode atingir adultos. Para prevenir-se dessa doença, é recomendado que as crianças sejam vacinadas em duas doses. A primeira é a partir do primeiro ano de idade e a segunda entre os 4 e 6 anos. Aos adultos que não tenham recebido a vacinação, é recomendado que a solicitem com um profissional.

Sintomas de caxumba

O vírus causador da caxumba tem um período de incubação de 2 a 3 semanas e, após esse período, os sintomas iniciam-se. Apesar disso, muitas pessoas não apresentam sintoma algum, enquanto as que os têm geralmente começam por sentir o inchaço nas glândulas. Isso pode gerar dor durante a mastigação e, em seguida, dificuldade para engolir alimentos e saliva.

Posteriormente os sintomas podem aumentar e gerar incômodos como dor de cabeça, febre, fraqueza do corpo, fadiga e calafrios.

Já em casos mais graves, a caxumba pode até causar surdez e meningite, mas não a morte. Em adolescentes e adultos a caxumba que se agrava pode causar inchaço nos testículos e os ovários, podendo levar à esterilidade. Os seres humanos são os únicos hospedeiros do vírus, o que significa que animais não contraem caxumba.

Causas

O vírus da caxumba é da família paramyxoviridae e é altamente infeccioso. Ele é transmitido por de fluidos corporais e. Posteriormente a pessoa passa a apresentar os sintomas, que iniciam-se geralmente a partir do sexto dia após contrair o vírus.

Caxumba pega?

A transmissão da caxumba pode ocorrer antes mesmo do indivíduo infectado apresentar sintomas. O vírus é transmitido entre as pessoas infectadas por meio de fluidos corporais como a saliva. Beijar ou ou compartilhar talheres, copos, cigarros, entre outras coisas pode transmitir o vírus. Ele vírus também pode ser transmitido por outros fluidos além da saliva, como as gotículas geradas durante tosses ou espirros de pessoas infectadas.

Diagnóstico

Após os sintomas atingirem uma intensidade incômoda, já não se deve ignorar o fato de poder ser mais do que uma simples dor de cabeça ou irritação de garganta. A busca médica deve ser realizada o mais cedo possível.

Você pode direcionar-se ao clínico geral, pois é muito simples identificar a caxumba. Além do clínico geral, você também pode buscar por profissionais como pediatras e infectologistas. O diagnóstico pode ser feito pelo profissional por meio de um questionário, no qual você deverá detalhar quando iniciaram-se os sintomas e quais são esses sintomas. Caso ainda haja dúvidas, o profissional pode requisitar um teste de saliva ou de sangue.

Quanto tempo dura

A duração dos sintomas varia de pessoa para pessoa, pois o corpo combate o vírus naturalmente. Portanto é comum que tanto adultos quanto crianças recuperem-se entre 1 a 4 semanas desde que sigam as indicações do profissional para tratamento. Após finalizar o tratamento, a pessoa torna-se imune ao vírus, ou seja, cura-se por completo e não é possível ter caxumba novamente.

Tratamento

Devido ao fato de o organismo combater naturalmente o vírus, após identificar a doença é recomendado tomar precauções que apenas aliviam os sintomas. Manter uma boa higiene bucal, evitar ingerir alimentos sólidos, evitar ingerir alimentos e bebidas ácidas e condimentados são exemplos.

Os medicamentos indicados pelo médico são também para combater os sintomas, sendo que os mais comuns são os anti-inflamatórios, os analgésicos e os antitérmicos. Não se deve usar aspirina para combater doenças virais, podendo causar problemas graves ao fígado, como insuficiência hepática.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comentários

comentários

cachorro ou gato

Qual o ideal para adotar como animal de estimação: cachorro ou gato?

shampoo de babosa

Como fazer e como usar shampoo de babosa caseiro?