,

Amei

Lágrimas de mãe: porque maternidade também é chorar

Chorar é um reflexo da maternidade perante a grandiosidade de um filho em sua simplicidade e por tudo o que ele, mesmo sem saber, representa

Maternidade é a certeza de que muitas lágrimas vão correr

Ter um filho é sinônimo de desafio. Às vezes, as lágrimas são inevitáveis diante do mar de incertezas que essa tarefa representa.

Entre tantos, talvez o maior obstáculo esteja na inevitável sensação de querer ser onipresente na vida do filho.E quem não chora? São tantos os motivos.

Confira abaixo o que pode ser uma lágrima ao contemplar a dádiva que é a maternidade.

Minha linda criança, há dias em que as lágrimas correm em meu rosto por você.

São tantos os motivos, mas quase sempre começa na sensação de sua fragilidade diante do mundo e das minhas preocupações.

Minhas lágrimas descem quando eu percebo a imensidão que você representa diante da minha insignificância.

Choro porque você tem uma vida toda pela frente e eu já andei boa parte do percurso.

É inevitável chorar ao perceber que, mesmo te amando muito, de uma maneira que nunca experimentei, gostaria de ser e oferecer mais.

Sinto as lágrimas descerem pelo meu rosto até encontrarem o seu, que tem a beleza mais cativante de todo esse mundo.

Não seguro o pranto ao lembrar daquela que fui antes de você e a quem precisei renunciar para permitir a sua existência.

E ainda que sinta uma brutal falta de mim mesma, não deixo de chorar por saber que, aos poucos, você será de um mundo que vai testar a sua humanidade.

Não há como evitar o choro ao saber que, um dia, quando você chorar, eu não estarei lá para te socorrer, te proteger e amparar. É desesperador saber que preciso te preparar para se defender sozinho, sem mim.

E quando penso nisso, dou asas ao choro, porque a inocência ainda é sinônimo de uma gargalhada sua.

Filho, chorar foi a maneira que encontrei de me pôr diante do que é você e tudo o que representa.

Choro porque me vi mãe e isso, às vezes assusta.

E, filho, me permito chorar de alegria muitas vezes, quando o sorriso já não consegue compensar a imensa satisfação que é ter você em meus braços, sentir a maciez de seu cabelo e beijar sua pele.

Quando choro, me vejo impotente, mas também me vejo fortalecida ao entender que as lágrimas derramadas por você nada mais são que gotas do meu amor.

 

Gostou? Compartilhe!

 

Fonte: http://gravidez.online/lagrimas-mae-maternidade-chorar/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amigos e amigas sem filhos, obrigada por existirem

Lágrimas de mãe: porque maternidade também é chorar