,

Má postura influencia enxaquecas

Segundo especialista, uma das causas da enxaqueca poderá estar ligada à má postura corporal

A enxaqueca e sua terrível dor

Considerada uma doença crónica, a enxaqueca é uma das cefaleias mais frequentes e significativas. Os sintomas impedem frequentemente o trabalho ou o estudo.

Embora a comunidade medica ainda procure uma explicação para o que desencadeia o processo de enxaqueca, é consensual a ligação direta a três fatores: doença, herança genética ou situações externas. Os hábitos de vida também têm um forte peso na questão das enxaquecas.

Segundo o médico José Rosário, phD em assuntos relacionados à coluna e postura, as pequenas coisas que fazemos ao longo do dia podem iniciar o processo de crise enxaqueca.

O que pode desencadear uma crise

Os movimentos e a postura corporal no dia a dia, a forma como andamos, trabalhamos e dormimos, podem desencadear uma crise de enxaqueca. Como disse o dr. José, se passar muito tempo ao telefone, por exemplo, o melhor é usar fones de ouvido, evitando a tensão nos músculos e dores de colocar o telefone entre a cabeça e o ombro.

Outra situação que pode resultar em uma crise de enxaqueca é permanecer muito tempo sentado, sofrendo tensão nas costas, pescoço e ombros, podendo também desencadear uma crise a formação de pequenos nódulos, chamados de pontos de gatilho, que transmitem sinais aos neurotransmissores resultando em dores miofacial (fortes dores na zona da cabeça e rosto). Se sofre de crises frequentes de enxaqueca deve procurar rapidamente um médico neurologista, recomenda José.

Existem pessoas que lidam com crises de enxaqueca há décadas, onde remédio nenhum surtia efeito no alívio dos sintomas. Quando elas começaram a cuidar da fonte do problema da crise de enxaqueca, a crua aconteceu quase que por milagre.

Que alimentos a evitar e os que ajudam numa crise de enxaqueca

Alguns alimentos devem ser evitados durante as crises tais como:

  • Frutas cítricas;
  • Cacau;
  • Chocolate;
  • Vinho;
  • Queijos;
  • Carnes defumadas;
  • Cerveja;
  • Bacon;
  • Refrigerantes;
  • Café;
  • Chá mate ou verde;
  • Bebidas energéticas;
  • Molhos processados;
  • Bebidas destiladas;
  • Adoçantes;
  • Pimenta.

Os alimentos aconselhados são a cenoura, gengibre, maçã, kiwi, grão, cereais, peixe magro, como salmão e sardinha, iogurte, verduras, leite desnatado, castanha-do-pará, amêndoa, ovo, couve, feijão, batata, tomate e ervilha.

Compartilhe essa dica!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 dicas para tirar manchas de desodorante das roupas

Má postura influencia enxaquecas