in

Namoro depois dos 50: dicas de como recomeçar e vantagens desse amor

Maturidade, autoconhecimento e experiência fazem parte dessa fase da vida, o que torna o namoro depois dos 50 mais prazeroso

namoro depois dos 50 anos de idade
Crédito: Pixabay

Dizem que o amor não tem idade, e essa frase não poderia ser mais verdadeira. Afinal, por que um sentimento tão bonito e que faz tão bem deveria ser limitado apenas aos mais jovens? Com o aumento da expectativa de vida, o namoro depois dos 50 cada vez mais frequente.

Após os 50 as pessoas se sentem mais realizadas e livres para viver uma vida sem necessidade de atender a expectativas alheias. A maturidade também traz um conhecimento maior sobre si mesmo, o que ajuda muito na hora de entrar em um novo relacionamento.

Conselhos para um namoro depois dos 50

namoro depois dos 50 anos
Crédito: The Bold Chick/Nappy

Parece clichê, mas o segredo para um bom relacionamento é estar de bem consigo mesmo. Não é possível amar outra pessoa e se dispor a dividir planos, medos, desejos e contas sem saber exatamente o que você busca e quais são suas necessidades. Por isso, antes de investir em um namoro depois dos 50 anos se pergunte por que você está buscando um parceiro.

Se você se sente solitário ou carente, por exemplo, deve se questionar se está tentado preencher um vazio, deixado por uma separação ou até morte, ou se quer algo mais profundo e sólido com outra pessoa.

Por outro lado, há aqueles que querem viver um relacionamento mais leve e descontraído, sem obrigações e sem necessidade de dar satisfação, pois sentem que nessa idade devem ser completamente independentes.

Há espaço para todos, mas é preciso ter em mente o que você busca para não abarrotar outra pessoa com suas expectativas ou se frustrar quando perceber que aquilo não é bem o que você queria.

Depois de definir o que você quer, pense nas características do parceiro ideal. Gostar de viajar? Se dar bem com seus filhos? Ser aposentado e ter tempo livre? Apreciar bons livros? Ser fã de gastronomia? Ter as mesmas visões de família?

Aqui, que fique claro, o que conta mais não é a beleza (a não ser que você busque algo físico), mas sim as qualidades, o que a outra pessoa pode agregar a sua vida e o que vocês podem trocar juntos.

Foi-se o tempo onde qualquer pessoa servia, desde que fosse bonitinho ou tivesse algo de bom. O namoro depois dos 50 preza pela qualidade e não pela quantidade, e ao filtrar suas prioridades as chances de encontrar um grande amor são maiores.

Cuidados e precauções

Tenha em mente aquela máxima: “a carência é a mãe da roubada”. Muitas vezes a solidão e a vontade de ter um amor para chamar de seu faz com que fechemos os olhos para os defeitos e problemas de outra pessoa. Nessas horas, o filtro fica menos rígido e qualquer um serve, desde que lhe faça companhia, e isso pode levar a roubadas como relacionamentos abusivos e golpes.

Vantagens do namoro depois dos 50

A maioria das pessoas tira o pé do acelerador depois dos 50 anos. Com os filhos crescidos, a realização na vida profissional e uma série de experiências positivas e negativas ao longo da vida, o indivíduo tem um novo olhar sobre o amor.

Sai de cena a pressão para encontrar o parceiro perfeito que seja o amor da sua vida e pai ou mãe dos seus filhos. Aos 50, você já tem consciência de que é sua melhor companhia. Um parceiro deve vir para somar e não para completar sua vida.

A experiência, sem dúvidas, é a melhor parte desse tipo de relação. O namoro depois dos 50 anos é carregado de sabedoria, pois ambos viveram o suficiente para saber o que é melhor para si e aprender a lidar com outras pessoas.

Dessa forma, pequenos deslizes e besteiras que pareciam gigantescas em outros tempos – como demorar para se arrumar ou esquecer algum compromisso – se tornam menos importantes, o que consequentemente desgasta bem menos a relação.

O foco dos relacionamentos nessa idade é apreciar os bons momentos. Ninguém quer passar nervoso esperando o outro responder uma mensagem ou tentando adivinhar o que o parceiro está pensando. Esses joguinhos e brigas de ego deixam de ter importância.

Se esses joguinhos existirem, tanto os homens quanto as mulheres sabem como agir, pois a autoconfiança conquistada com o amadurecimento os impede de cair nessas armadilhas tolas.

Por fim, vale lembrar daquela máxima: somos como vinho, que melhora com o tempo. A idade traz sabedoria, amadurecimento, autoconhecimento e outra visão de mundo. Os relacionamentos tendem a ser mais refinados e de maior qualidade.

Como encontrar um amor depois dos 50

casal maduro
Crédito: Toa Heftiba/Unsplash

O obstáculo maior para um namoro depois dos 50 pode ser exatamente como encontrar esse amor. É comum que os mais velhos se sintam enferrujados ou até tímidos para tomar o primeiro passo, tanto por medo do julgamento quanto por receio de não saber o que fazer.

Apps e sites

Os sites e aplicativos de relacionamento são uma boa saída para os mais envergonhados. Existem sites e aplicativos voltados especificamente para esse nicho, como o Our Time, Clube da Maturidade e Coroa Metade.

Busca por afinidades

A melhor estratégia é buscar alguém com interesses semelhantes aos seus. Se você gosta de dançar, pode começar a frequentar bailes e festas para o público mais velho. Se aprecia música clássica, com certeza encontrará solteiros e solteiras em concertos e shows, assim como encontrará pessoas com afinidades semelhantes às suas em clubes de leitura.

Saia da casinha

Exponha-se ao mundo e saia mais. Vá ao supermercado, leve o cachorro para passear, faça caminhadas. Se inscrever em uma academia é uma boa ideia, além de começar um curso novo ou de fazer um trabalho voluntário.

Ao respirar novos ares e ao estar no meio das pessoas, você se conhece melhor, aprecia a própria companhia e aumenta as chances de encontrar alguém. Isso também torna você um indivíduo mais interessante e com mais coisas para falar.

Se cuide!

Isso vai muito além de investir na aparência. Claro que é importante se sentir bonito e estar com a autoestima elevada, mas a beleza vem de dentro e transparece quando você se sente bem. Portanto, faça aquilo que você mais gosta, tenha seu próprio tempo para se curtir e, claro, cuide da beleza física. Você vai se sentir mais valorizado e confiante para um namoro depois dos 50.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comentários

comentários

pudim de geladeira

3 Formas de fazer pudim de geladeira e sem forno

fogueira de festa junina

De onde vem a tradição da fogueira de festa junina?